RECEBA NOSSAS NOVIDADES! CADASTRE-SE

TRAVELLING

UMA VIAGEM MISTERIOSA

Por: Mauricio Faria MarquesINDIQUEIMPRIMIR

GLAMIS


A criatura que atendia pelo nome de Thomas Bowes-Lyon, primeiro filho de George Bowes-Lyon e Charlotte Grimstead.
De acordo com a obra Peerage of Scotland, do genealogista Robert Douglas, Thomas nasceu e faleceu em 21 de Outubro de 1821.
Diz a lenda que a parteira, teria contado no vila-rejo, que uma criança totalmente deformada nescera, e foi dada como morta alguns dias depois. Thomas não teve sepultura, um fato bem estranho. Dizem que Thomas foi amamentado às escondidas e confinado num quarto secreto do castelo, onde teria passado toda a sua vida anonimamente. O quarto seria murado com tijolos depois do seu falecimento.
Alguns moradores da cidade afirmam que a lenda narra o fato que todas as gerações da família tiveram uma criança vampira e que esta é emparedada nesse mesmo quarto.
Cuidado ao visitar o castelo, pois dizem que numa determinada época, hóspedes instalados em Gladis teriam pendurado toalhas nas janelas de todos os quartos numa tentativa de encontrar a suíte murada onde residiu o monstro. Quando olharam para o castelo do lado de fora, várias janelas não tinham toalhas.
A lenda pode ter sido inspirada na história verídica dos Ogilvies. Na parede de quase cinco metros de espessura, fica a famosa sala das caveiras, onde a família Ogilvie, procurando proteção dos seus inimigos, os Lindsays, foi emparedada até morrer de fome.

A DAMA CINZA

Uma das histórias narradas aos visitantes pelos guias turísticos do castelo é a da capela com 46 assentos. Conta que um dos lugares da capela era sempre reservado para a Dama Cinza (“Grey Lady”), um fantasma habitante do castelo. Suspeita-se que esse fantasma possa ser Janet Douglas, Lady Glamis, esposa do 6º Senhor de Glamis, acusada de bruxa-ria, foi torturada e queimada num espeto. Os guias dizem que a capela ainda é usada regularmente por familiares, no entanto, ninguém tem permissão para se sentar naquele lugar.

JOGAR CARTAS COM O DIABO

O Conde Beardie, hóspede do Castelo, certa noite, após alguns goles, convidou amigos para jogar cartas, ignorando que era “sabbath”. Seus anfitriões recusaram, pois era um dia religioso. Lord Beardie ficou furioso e declarou que jogaria com o próprio Diabo. Após alguns minutos um estranho entrou no castelo e perguntou se Lord Beardie desejava um parceiro para o jogo. Mais tarde, os criados ouviram gritos vindos do salão. Um deles foi espreitar pelo buraco da fechadura, um raio de luz atravessou o orifício e cegou-o. O estranho desapareceu subtamente levando a alma do conde consigo para as profundesas do inferno.



‘’O falecido Sir David de Strathmore e Kinghorne, num passeio pelo jardim após o jantar, jura ter visto uma jovem agarrada a uma janela do castelo olhando para a noite. Quando foi ao encontro da jovem, ela desapareceu subtamente.’’

Comentários

2010-2013 Revista NINE - Todos os direitos reservados.

contato@revistanine.com.br
desenvolvido por Natus Tecnologia